Excitação sexual nos homens e nas mulheres: Entenda seu próprio corpo!

O autoconhecimento é a base do Tantra. É através do conhecimento do próprio corpo que atingimos o orgasmo e a plenitude sexual. E a excitação sexual é o início de toda essa jornada pelo prazer.

Conhecer o que te excita e como é esse processo é essencial para desfrutar o prazer pleno dentro de uma relação sexual. Conhecer o outro, seu parceiro ou parceira, é o passo seguinte. Assim, é possível equilibrar a relação, tornando-a mais prazerosa para ambos.

Se você anda com dificuldade de sentir excitação sexual, pense um instante a respeito. Será que você tem respeitado seu próprio corpo? Será que você entende todo esse processo e está consciente dele?

Ao longo desse artigo, irei falar um pouco sobre a excitação masculina e a feminina, como é o processo dentro do organismo e as melhores formas de resolver algum descompasso dentro do relacionamento.

A excitação sexual masculina

Quando um homem está ou não pronto para ter uma relação sexual, é mais fácil de identificar do que uma mulher.

No entanto, isso não significa que seja mais fácil para o homem. Muitas vezes, problemas externos à relação como o trabalho ou problemas familiares pode interferir diretamente na forma como ele se excita.

Em geral, a população masculina é excitada visualmente, ou seja, o principal estímulo vem da visão. Eles gostam de ver a parceira sentindo prazer ou até mesmo apenas a nudez já é excitante para eles.

O que acontece, é que na maioria das vezes, os homens se limitam à esse tipo de estímulo.

O toque e as sensações não são realmente levadas em conta e o sexo fica condicionado apenas ao pênis.

O Tantra, nesse ponto, convida o homem a se libertar e a conhecer mais seu corpo e outras formas de prazer e sensações estimulantes.

Quando os estímulos começam, os batimentos cardíacos se aceleram, bombeando sangue até a região genital. Assim o pênis fica ereto e pronto para a relação.

Mas e as mulheres? Como ocorre no corpo delas?

A excitação sexual feminina

Para as mulheres, é um pouquinho mais demorado para estar definitivamente pronta. Isso porque, somos mais sensitivas.

O que isso significa? Que precisamos de mais toques para estarmos prontas para o sexo. Nosso estimulo não é tão visual quanto o dos homens. As mulheres se excitam mais quando sentem-se desejadas e seguras. Uma excelente dica é falar o que você gosta nela, o quanto você a deseja, o quão linda e atraente ela é para você.

Além disso, os genitais das mulheres necessitam de 10 vezes mais sangue para estarem totalmente sensíveis e prontos para a penetração. Enquanto o homem precisa de, aproximadamente, 50ml de sangue para estar ereto e pronto para uma ralação, a mulher tem a necessidade de 500ml de sangue para esse estado.

Nesse ponto, muitos casais não sabem desse descompasso entre homens e mulheres e acabam iniciando a penetração quando a mulher não está realmente pronta.

Assim, ela sente desconforto, irritação e até mesmo dor durante a relação.

Quando estamos prontas para receber o parceiro, nossos seios aumentam levemente de tamanho, a região genital fica úmida e o sangue é irradiado para lá. Onde ficamos mais sensíveis.

Mas se homens e mulheres são tão diferentes, como encontrar um equilibro entre o casal?

Como equilibrar suas relações sexuais

A chave aqui é cumprir cada etapa de estímulo com calma e paciência. Sentindo completamente o prazer e aproveitando do momento presente.

Quando ambos estão completamente estimulados, a penetração fica mais gostosa, mais intensa e prazerosa.

O orgasmo vem com tranquilidade e mais intenso.

Separei dois vídeos essenciais para equilibrar melhor essa diferença. Na série de vídeos “Como dar um orgasmo para sua parceira” eu ensino não só a base do orgasmo, mas como estimular uma mulher até que ela esteja pronta para receber o parceiro.

Venha conferir:

Se você quer aprofundar ainda mais seu conhecimento no parceiro, gerando mais conexão e intimidade. Então, conheça meu próximo curso: Retiro para Casais – Intimidade e Sexo Sagrado.

Serão 4 dias para (re)descobrir seu parceiro, expandir o prazer através de brincadeiras e técnicas tântricas. Além disso, irão aprender novas maneiras de comunicar seus desejos de forma amorosa e clara, para aumentar ainda mais a intimidade e confiança entre vocês.